Notícia

Parcerias: Simno, Sebrae e Senai realizam estudos de CRV na Região Noroeste

Por meio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MT), o Simno conseguiu recursos que subsidiarão 70% do projeto das indúst

Publicado em 01 de Setembro de 2017
Por: Assessoria de Imprensa

Um projeto de grande relevância para o setor de base florestal da região Noroeste, aferição do Coeficiente de Rendimento Volumétrico (CRV) das indústrias madeireiras está em desenvolvimento. Ao todo são 20 (vinte) empresas associadas ao Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso (Simno), participando de um piloto para realização deste estudo.

P
or meio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MT), o Simno conseguiu recursos que subsidiarão 70% do projeto das indústrias. O aporte é do Sebraetec, importante braço de apoio a ações de inovação, tecnologia, empreendedorismo e licenciamento ambiental.

“Fomos procurados pelo presidente Roberto Rios e conseguimos firmar essa parceria importante, principalmente porque o setor é responsável por grande parte da geração de emprego na região e também por estar carente de apoio nesse quesito especialmente após a alteração da normativa do CONAMA que reduziu o índice de 45 para 35%. Então o Sebrae, juntamente com o Sistema S, composto pelo Sebrae, Senai e o Sindicato, conseguiu esse recurso importante de subsídio aos empresários, tendo em vista o atual momento econômico”, contou Wladimir Alves da Silva, gerente da unidade do Sebrae em Juína.

O executor do trabalho é o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/MT), unidade de Juína, que está com quatro equipes em campo. O gerente Leocir Rondine Junior comentou que o projeto é grandioso.

“Nós fomos solicitados para realizar o trabalho de análise do coeficiente de rendimento volumétrico (CRV), junto a Sema, com o objetivo de analisar a produção das indústrias da região, uma demanda vinda do Simno que partiu para o Sebrae que nos repassou contando com o nosso apoio técnico. Hoje nós temos condições de realizar uma demanda desse porte graças ao Sistema em Rede do Senai, atendendo em toda região”, destacou.

Ele conta que as indústrias atendidas estão lotadas em toda a região. “Vamos realizar esse serviço em indústrias dos municípios de Brasnorte, Cotriguaçu, Conselvan, Guariba que é distrito de Colniza e fica distante 500 km dentre outras”.

O projeto todo está avaliado em R$ 342.600,00 (Trezentos e quarenta e dois mil e seiscentos reais), no entanto, apenas 30% do montante será custeado pelo empresário. A previsão de conclusão é para dezembro deste ano. “As nossas quatro equipes estão trabalhando diuturnamente em conjunto com a equipe do Senai de Sinop e com o nosso Instituto Senai de Tecnologia em Cuiabá para que possamos entregar a demanda até o início de dezembro, quando pretendemos protocolar junto a Sema os pedidos.

O presidente do Simno, Roberto Rios, classificou a parceria como um avanço para o setor na região. “Nossos empresários estão confiantes com a realização do estudo e da parceria que possibilitou esse subsídio importante. Nosso setor é um dos mais importantes do estado, mas vem sofrendo com a alta carga tributária, então queremos agradecer ao nosso presidente da FIEMT, Jandir Milan, que sempre tem olhado com carinho para nossas demandas”, concluiu.

Início    |   Simno    |   Notícias    |   Fotos    |   Vídeos    |   Empresas    |   Downloads    |   Delegacias    |   Contato

Atendimento de Segunda a Sexta das
07:00 ás 11:30 horas e das 13:00 ás 17:30 horas.

Av. Floresta, Nº 484-N
Setor B - CEP: 78320-000

Juína - MT

Fones: (66) 3566-1698

E-mails:
Direção:
simno@brturbo.com.br

Financeiro:
finansimno@gmail.com

Receba nossos editais em seu e-mails

SINDICATO DAS INDUSTRIAS MADEIREIRAS E MOVELEIRAS DO NOROESTE DO MATO GROSSO
Todos os Direitos Reservados 2014

Desenvolvidor e Hospedado por: