Notícia

Empresários do setor florestal de Juína marcam presença na terceira Assembleia Ordinária do Simno em 2018

Os participantes receberam atualizações sobre as demandas nas quais o sindicato tem atuado, além de informes sobre os principais assuntos...

Publicado em 14 de Maio de 2018
Por: Assessoria de Imprensa do Simno

A Assembleia Geral Ordinária do mês de maio do Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso (Simno) foi realizada na quinta-feira (10) com a presença de associados e convidados. Na ocasião, os participantes receberam atualizações sobre as demandas nas quais o sindicato tem atuado, além de informes sobre os principais assuntos discutidos nas reuniões do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (CIPEM) e da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT).

O presidente do Simno, Paulo Augusto Veronese, iniciou a reunião com as boas-vindas a todos, em especial aos diretores da FIEMT, Fernando Hidekazu Alves Kuzai, Jorge Pires de Miranda e Domingos Kennedy Garcia Sales. Na sequência, Veronese falou sobre a última reunião do Cipem, realizada no dia 27 de abril, em Cuiabá, destacando as discussões sobre a identificação da madeira, cuja lei foi alterada após muito esforço, porém, ressaltando que a mesma ainda precisa ser sancionada. “O setor não se opõe ao procedimento de identificação, porém, defende que o modelo ideal seria a fiscalização volante realizada pela SEMA, que é o órgão responsável pelo licenciamento em Mato Grosso, evitando erros que culminam em apreensões indevidas”, disse.

Outro assunto debatido foi o Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (SISFLORA) versão 2.0, que voltou à pauta com novas atualizações. A boa notícia é que houve avanços no diálogo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA-MT) que acordou para fazer a migração do atual sistema para o novo de maneira paulatina. Com isso, o novo sistema entra no ar sem derrubar o antigo.

O Senador Wellington Fagundes esteve presente na reunião da diretoria do CIPEM, acompanhado pela deputada estadual Janaina Riva. Como pré-candidato ao governo de Mato Grosso, ele fez questão de ouvir os empresários do setor florestal sobre as principais demandas. Fagundes se comprometeu em incluí-las na proposta do plano de governo, caso dispute a eleição, ou mesmo, apoiar o setor na tramitação das mesmas no congresso nacional.

A reivindicação da Região Noroeste foi em relação à pavimentação da BR-174, entre os municípios de Castanheira e Colniza, cujo projeto foi paralisado devido a questões burocráticas envolvendo uma terra indígena, e requer novos estudos para sair do papel.

Com relação à reunião da FIEMT, o presidente informou que o assunto principal foi o processo eleitoral que ocorrerá já nas próximas semanas. Também comentou sobre as dificuldades encontradas pelas indústrias no atual governo e no quesito de práticas sindicais. Outro item da pauta foi sobre o projeto de compostagem elaborado pelo Simno em Juína, está concorrendo a um prêmio nacional, cujo resultado deve ser divulgado em breve.

Durante a Assembleia Geral também foi abordada a questão da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), cujas discussões começarão nos próximos dias. Para isso, o Simno definirá o nome dos empresários que farão parte da comissão que negociará pelo sindicato.

Outro assunto enfocado foi a decisão sobre a participação ou não do sindicato na ExpoJuína 2018 e 11ª FEMMAD. Os empresários do setor moveleiro ainda irão decidir a respeito.

Um assunto bastante relevante foi sobre os projetos de Combate a Incêndio e Pânico. De acordo com o Comandante da 14ª Companhia Independente de Bombeiros Militares de Juína (CIBM), Major Neto, que se reuniu com o presidente Paulo Veronese, muitos empresários deram entrada no projeto, porém não compareceram para retirá-lo, estando, portanto em situação irregular. O Comandante pediu que os empresários procurem a Companhia, já que poderão ter o prazo de adequações prorrogado em até dois anos.

Veronese comentou ainda sobre o Programa de capacitação em gestão florestal, realizado pelo CIPEM, para empresários do setor de base florestal de Juína, além de um Workshop que acontecerá nos próximos dias com a presença de representantes do IBAMA, SEMA e CIPEM.

Abrindo espaço para o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), e o Serviço Social da Indústria (SESI), a gerente das entidades, Laís Braga, falou sobre alguns serviços ofertados às indústrias, como a vacina contra gripe (vírus influenza H1N1).

Finalizando, o vice-presidente do Simno, Roberto Rios, comentou sobre sua participação na Audiência Pública requerida pela Comissão Permanente de Educação, Esporte e Cultura para debater o tema: “Juína, os avanços e desafios para consolidação de uma Terra de Oportunidades”, realizada na última quarta-feira (09.05), na Câmara de Vereadores, que abordou os números do setor de base florestal e recebeu homenagem em nome do sindicato.

 

Início    |   Simno    |   Notícias    |   Fotos    |   Vídeos    |   Empresas    |   Downloads    |   Delegacias    |   Contato

Atendimento de Segunda a Sexta das
07:00 ás 11:30 horas e das 13:00 ás 17:30 horas.

Av. Floresta, Nº 484-N
Setor B - CEP: 78320-000

Juína - MT

Fones: (66) 3566-1698

E-mails:
Direção:
simno@brturbo.com.br

Financeiro:
finansimno@gmail.com

Receba nossos editais em seu e-mails

SINDICATO DAS INDUSTRIAS MADEIREIRAS E MOVELEIRAS DO NOROESTE DO MATO GROSSO
Todos os Direitos Reservados 2014

Desenvolvidor e Hospedado por: