Notícia


Setor da base florestal lamenta fechamento do SESI/SENAI de Juína


Publicado em 10 de Maio de 2020
Por: Assessoria de imprensa/Simno

Com início de suas atividades na cidade de Juína no ano de 1991, o SESI/SENAI teve sua unidade local fechada, como também outras 2 cidades do estado de Mato Grosso, a decisão do fechamento das unidades, anunciada nesta quinta-feira (07/05), é consequência direta do corte de 50% determinado pelo Governo Federal sobre a contribuição compulsória das indústrias ao sistema. Na cidade de Juína houve dispensa trabalhista de pelo menos 30 pessoas.

O presidente do SIMNO, Paulo Augusto Veronese falou em entrevista sobre o impacto que o fechamento das unidades de Juína, que mesmo com o fechamento da unidade as indústrias não terão um grande impacto nos serviços ofertados pelo SESI/SENAI, pois a cidade de Juína como todas as cidades da região noroeste será direcionada para o atendimento da cidade de Sinop, com garantias firmadas pelo presidente da FIEMT, Gustavo de Oliveira.

Paulo ressaltou que devido ao fechamento da unidade, será necessário que a sociedade de Juína como também o poder público municipal se organizem para buscar uma tentativa de reabrir a unidade de Juína, pois a população sofrerá grandes percas na oferta de cursos profissionalizantes através do SENAI e também nos apoios à saúde pelo SESI, muito mais no período que passamos com a recente pandemia global.

O presidente acrescentou que muitos profissionais que estão atuando no mercado de trabalho na cidade de Juína, tiveram suas formações dentro das unidades SESI/SENAI, onde segundo Paulo Augusto Veronese, para que haja uma possível reabertura dos órgãos será necessário comprometimento e empenho da sociedade organizada e dos gestores públicos, onde a região encontra-se “apagada” no cenário dos negócios. O presidente ainda destacou que o planejamento da economia da região não está definido, necessitando que os empresários juntamente com o poder público possam buscar novos rumos de definição da economia e produtividade do município.

Paulo Veronese por fim ressaltou que a Fiemt deverá promover uma ação na região com um curso de gestão para empresários, para discutir o atual momento de crise em que o país está atravessando, onde será buscado mesmo de forma EAD, essa capacitação para os mesmos.

Os equipamentos que eram utilizados na unidade da cidade de Juína, como computadores, data-show e outros, serão recolhidos ficando somente a estrutura predial por enquanto, sendo que um ou dois funcionários serão remanejados para outras unidades do estado, porém os demais serão dispensados conforme havíamos destacados no início desta matéria, aumentando assim, o número de desemprego na cidade de Juína.

 

Início    |   Simno    |   Notícias    |   Fotos    |   Vídeos    |   Empresas    |   Downloads    |   Delegacias    |   Contato

Atendimento de Segunda a Sexta das
07:00 às 11:30 horas e das 13:00 às 17:30 horas.

Av. Floresta, Nº 484-N
Setor B - CEP: 78320-000

Juína - MT

Fones: (66) 3566-1698

E-mails:
Direção:
simnoexecutivo@gmail.com

Financeiro:
finansimno@gmail.com

Receba nossos editais em seu e-mails

SINDICATO DAS INDUSTRIAS MADEIREIRAS E MOVELEIRAS DO NOROESTE DO MATO GROSSO
Todos os Direitos Reservados 2014

Desenvolvidor e Hospedado por: